Guilherme Costa

(3 minutos) É sempre muito difícil escrever algo sobre Jesus. Nosso exemplo e roteiro. Milhares, talvez milhões de pessoas já tenham escrito algo sobre ele. Mas como sempre há algo novo a se refletir, acho muito viável tentar achar esse novo nesse período de páscoa. Desafio aceito, vem comigo no passinho do cristão.

O que me chama a atenção nesse período é muito se falar sobre a dor e o martírio do nazareno, mas acredito que há muito mais informação além de dor e sofrimento. Não menosprezo nem desvalorizo o que ele passou, entretanto gosto de focar no todo que é positivo sempre, principalmente vindo do cordeiro de Deus. Por mais que algumas pessoas tentem ver coisas negativas nele.
Essa fé dele no nosso pai é algo que me intriga. Nosso irmão mais velho, hora nenhuma deixou sua fé se abalar, confiando na justiça do pai eterno, sábio, justo e bom. Independentemente do que estava por vir, ele sabia que era o melhor. Mesmo sofrendo as dores da carne, ele orou por nós. Digo por mim, que tive que tomar uma grande decisão da minha vida agora e por conta disso fiquei sem dormir umas noites. Ou em relação a minha tetraplegia: como posso questionar Deus por injustiça ou fraquejar mediante uma história dessas na minha frente? Devo agradecer a oportunidade de aprender com o que me foi designado e dar o meu melhor. O lance é entender essa fé do messias e, principalmente, senti-la a ponto de incorporá-la em nossas vidas.
Não temer o futuro. Aceitar o presente. Perdoar tudo. Amar sempre. Se a páscoa significa renascer que seja nossa fé essa fênix nesse final de semana. Essa chama há de queimar dentro de nós até atingir o ambiente de fora. Confiemos e façamos conforme ele falou: Sedes perfeitos como vosso pai o é. Disse ainda que podemos fazer o que ele fez e muito mais.
Portanto, palikukas, vamos parar com o mimimi. Vida difícil todo mundo tem. Problemas todo mundo tem. Motivos para não seguir todos achamos que temos. Se coloque no lugar dele. Traga a fé dele para sua vida. Qualquer fagulha que venha fará uma enorme diferença. E vamos embora que a vida é muito curta para sermos pequenos. Feliz páscoa!

Um comentário em “A Fé Fenix e a Páscoa

  1. Precisava ler isso. Tens razão, irmão. Apegamo-nos ainda ao acontecimento da morte do Cristo Jesus e, com isso, ainda não temos olhos de ver para a sua ressurreição, que é a “prova material” da sobrevivência do Espírito. Vemos a sua dor, mas não vemos a sua força moral diante dela. Jesus, o Cordeiro de Deus, é, de fato, aquele que nos ensina a viver com abundância de coragem, de retidão, de doçura… com abundância de virtudes… de vida! Que a ressurreição do Mestre, que o seu “ressurgir das cinzas” seja poderosa inspiração a que façamos o mesmo no que tange o nosso sentido para viver, nossos valores, nossas crenças, nossa forma de caminhar pelas horas que generosamente nos dá o Senhor do Tempo. Paz e Bem!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s